Notícias da Guerra Popular

A- A A+

Realizada a Conferência Internacional de Apoio à Guerra Popular na Índia

http://anovademocracia.com.br/101/24.jpg
Conferência Internacional de Apoio à Guerra Popular

Atendendo à convocação conjunta do Comitê Internacional de Apoio a Guerra Popular na Índia e da Liga Contra a Agressão Imperialista de Hamburgo, no dia 24 de novembro foi realizada, em Hamburgo, na Alemanha, a Conferência Internacional de Apoio à Guerra Popular na Índia.

Representantes de partidos e organizações democráticas e revolucionárias de diferentes partes do mundo se reuniram para trocar pontos de vista e debater sobre o apoio à guerra popular na índia.

Delegações, organizações e representantes individuais do Afeganistão, Áustria, Brasil, Canadá, Croácia, França, Alemanha, Holanda, Irã, Itália, Curdistão, Noruega, Palestina, Peru, Filipinas, Sri Lanka, Suécia, Suíça, Turquia, Reino Unido, Galiza e Espanha, entre outros países, participaram da Conferência.

Cerca de 300 pessoas estiveram presentes e dezenas de mensagens e saudações foram enviadas ao evento. Durante a conferência também foram realizadas atividades culturais com grupos musicais que apresentaram canções revolucionárias.

Os organizadores da Conferência destacaram a presença de grande número de jovens, não só como participantes, mas também como parte das estruturas de organização. "Este aspecto, juntamente com o caráter verdadeiramente internacionalista do evento, deu-lhe um caráter muito vívido e dinâmico".

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Ações durante semana de aniversário do EGPL

Com informações de revolucionnaxalita.blogspot.com

Durante a primeira semana do mês de dezembro, que marcou o aniversário do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoísta), os combatentes da guerra popular realizaram diversas atividades de agitação e ações armadas.

No dia 2 de dezembro, o PCI (Maoísta) colocou cartazes em diversos locais incentivando a população local a ingressar nas fileiras do EGPL e a cooperar durante as atividades revolucionárias da semana: "Junte-se ao EGPL para formar milícias locais para lutar contra a exploração das tribos", dizia um cartaz colado em Boipariguda. As mensagens foram vistas em Boipariguda, Ramagiri, Lamataput e Onakadelli, no distrito de Koraput, e nos distritos de Govindpalli e Malkangiri.

No dia seguinte, o EGPL incendiou três torres de telefonia móveis em Boipariguda, distrito de Koraput, em Odisha. 

Além disso, o EGPL celebrou em seus campos de treinamento, nas selvas de Koraput e Malkangiri, atividades de propaganda entre a população pobre da região chamando o povo a aderir à luta armada revolucionária contra as classes dominantes.

O governo reacionário indiano anunciou que o EGPL estendeu sua atuação para novas áreas de Odisha e ameaça enviar contingentes paramilitares para enfrentar a guerra popular.


Maoístas homenageiam o camarada Kishenji

Com informações de odiodeclase.blogspot.com

Cerca de 50 simpatizantes do Partido Comunista da Índia (Maoísta) se reuniram na cidade de Kolkata, na noite do último dia 24 de novembro, por ocasião do primeiro aniversário do assassinato de Koteshwar Rao, o camarada Kishenji. Segundo o blog Odio de Clase, fontes disseram que membros da Comissão Estadual e de Organização do PCI (Maoísta) da cidade de Kolkata estavam presentes na reunião de condolências. Kishenji foi assassinado em 24 de novembro de 2011.

Este foi talvez o maior encontro dos maoístas na cidade desde 21 de setembro de 2004, quando os líderes do partido se encontraram com os meios de comunicação para anunciar a fusão do Partido Comunista da Índia (Marxista-Leninista) Guerra Popular e do Centro Comunista Maoísta da Índia, para formar o PCI (Maoísta).

"Um programa semelhante foi realizado em Jangalmahal, com a presença de vários líderes", afirmaram as fontes. Os maoístas também lançaram uma publicação em memória do líder assassinado. O encontro teria acontecido em uma sala perto de Sealdah, onde alguns ativistas de direitos humanos e estudantes estavam presentes. Em sua edição n° 86 (fevereiro de 2012), AND publicou o artigo Lembrando Kishenji contando a trajetória do dirigente comunista.


Cabecilha paramilitar aniquilado

Com informações de revolucionnaxalita.blogspot.com

O EGPL levou a cabo, no dia 7 de dezembro, um golpe muito importante contra um cabecilha do grupo paramilitar Salwa Judum.

Chhinnaram Gota e dois policias que o escoltavam foram emboscados, sendo que ele e um dos policiais foram aniquilados no ataque. O outro policial ficou gravemente ferido.

A ação ocorreu enquanto os três visitavam a zona de Farsegarh, cerca de 350 km da capital do estado, no distrito de Bijapur, em Chhattisgarh.

Segundo a polícia, Chinnaram era um proeminente líder do reacionário Salwa Judum e estava, há muito tempo, na lista negra dos maoistas. Havia sido atacado anteriormente em pelo menos três ocasiões, obtendo então proteção policial.

O Salwa Judum, "Campanha pela Paz", é um movimento paramilitar contrainsurgente organizado pelo governo indiano que se inspira nas "aldeias estratégicas" criadas pelos ianques na agressão contra o povo vietnamita. Este grupo paramilitar é responsável por numerosos assassinatos nas zonas de influência maoísta.


EGPL incursiona em áreas de plantação de chá

Com informações de revolucionnaxalita.blogspot.com

De acordo com fontes governamentais, o PCI (maoísta) está fazendo incursões e fazendo progressos consideráveis ​​nas áreas de plantação de chá em Assam.

"Autoridades" da região devem se reunir em breve com o primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, o Ministro do Interior e Sonia Gandhi para buscar ajuda no combate à guerra popular.

Um secretário parlamentar disse que "habitada por povos tribais, as áreas de plantio no estado tornaram-se um terreno fértil para o crescimento dos maoístas. Se não pará-los agora, em breve devemos chegar a um ponto sem retorno".


Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait