A quem a cúpula petista pretende enganar agora

A- A A+

http://anovademocracia.com.br/102/03.jpg

 O PT lançou em dezembro último a convocatória para a realização de seu 5º Congresso que deverá acontecer em fevereiro de 2014. A proposta apresentada pela cúpula petista é um combinado de mistificação e demagogia. Além de querer falsificar a história, mais uma vez colocará no papel coisas que nem de longe seus gerenciamentos, comprometidos até os cabelos com o imperialismo, a grande burguesia e o latifúndio, pretendem, minimamente, por em prática.

O último parágrafo do documento é a perfeita demonstração de que será um congresso "para inglês ver" ao propor "Dar, pelo menos, alguns passos para reinstaurar o socialismo como horizonte político, ajudar a reconstruir uma cultura política de esquerda". Ora, vejam só! A quem a cúpula petista pretende enganar? O seu eleitorado, encabrestado nos programas de bolsa esmola? Sua militância, cada vez mais burocratizada e movida por interesses pessoais, como é reconhecido no próprio documento?

Na verdade, não há mistificação ou demagogia e nem todas as alianças com as demais frações do partido único que impeçam o PT de degringolar. Seu auge já aconteceu.

Um esforço para falsificar a história

A convocatória defende a necessidade de construir uma narrativa histórica própria sobre os dez anos em que comanda o gerenciamento do Estado brasileiro. E, se colocando como vítima de perseguição, o PT chega a comparar Luiz Inácio a Getúlio Vargas e João Goulart.  Na edição 97 do AND refutávamos tal comparação emitida em nota do PT. Na oportunidade, assinalávamos como uma desmedida pretensão: "Por mais que tenhamos restrição quanto à postura dos dois políticos burgueses de inegável estatura de estadistas, não podemos admitir tal comparação, até porque Luiz Inácio, em seus oito anos de gerenciamento de turno, cumpriu rigorosamente seus acordos com o imperialismo e não apenas concluiu seu primeiro mandato como ganhou o direito a disputar e conquistar um segundo sem que houvesse nenhuma oposição a sua pessoa por parte do sistema financeiro ou das multinacionais aqui instaladas".

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait