Assanhados choros

A- A A+

Dedicado ao estudo e experimento dentro do universo da música instrumental brasileira, o mineiro Assanhado tem um repertório basicamente de choro, mas aberto a novas experiências, utilizando a bateria, algo não convencional no gênero, em busca de uma sonoridade nova e interessante. Formado por jovens, o grupo apresenta releituras de importantes chorões e composições próprias.

http://anovademocracia.com.br/103/16.jpg

— Começamos basicamente pela influência do trabalho do Marcello Gonçalves e Henrique Cazes, grandes músicos do Rio de Janeiro. Eu e André Milagres, violonista 7 cordas, começamos a estudar uns arranjos de cavaquinho e violão dos dois, o Rodrigo Heringer nos viu passando uma música e entrou no meio tocando bateria. Foi uma espécie de brincadeira que soou muito bem e acabou ficando sério — conta o cavaquinista Lucas Ladeia.

— A partir disso formamos o Assanhado Trio e começamos a ensaiar e fazer arranjos próprios. Nos apresentamos pela primeira vez no início de 2011, no projeto 'Quarta Cultural', dentro do Conservatório de Música da UFMG. Depois fizemos apresentações em vários outros projetos de música instrumental e tocamos em festas e eventos — continua.

— Em 2012 sentimos que precisávamos de um contrabaixo para encaixar nas ideias de arranjo que estávamos tendo. Assim chamamos o Samuel Passos e nos tornamos quarteto. O problema foi o nome, porque gostávamos muito de Assanhado Trio e não achamos legal Assanhado Quarteto. Então optamos seguir somente como Assanhado. Esse nome veio de uma música do Jacob do Bandolim, uma das primeiras que fizemos arranjo — explica.

O propósito do Assanhado agora é, segundo Lucas, que Samuel se encaixe nos arranjos que eles já tinham quando eram ainda um trio.

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait