Rato na Coca-Cola

A- A A+
http://www.anovademocracia.com.br/123/02.jpg
Wilson se manifestando em Botafogo.

Há 13 anos, o goiano Wilson Batista Rezende, 46 anos, vive um drama devido ao consumo de Coca-Cola. No ano de 2000, ele, que praticava atividades físicas e tinha uma alimentação saudável, teve sua vida mudada por uma intoxicação exógena após consumir uma pequena quantidade do refrigerante que continha restos de ratos. Na ocasião, ele afirma não ter conseguido ingerir mais que um gole da bebida, de tão corrosiva que estava, e cuspiu o que conseguiu na hora.

Desde então, Wilson sofre com as sequelas decorrentes do erro na fabricação do produto. A dificuldade de se locomover, as contrações involuntárias nos músculos e a impossibilidade de arrumar emprego e levar uma vida normal têm sido realidade ao longo dos anos.

Em visita à redação de AND, em 12 de dezembro de 2013, ele garantiu, inclusive com documentos, que os laudos judiciais confirmam que as seis garrafas de Coca-Cola que ele adquiriu na época estavam lacradas e contaminadas por restos de ratos, e move um processo contra a fabricante local, a Spal Indústria Brasileira de Bebidas S/A.

No dia seguinte a sua visita, ele nos convidou para acompanhar uma manifestação que realizou em frente ao prédio da Coca-Cola, no bairro de Botafogo, zona Sul do Rio de Janeiro. Ele abriu uma grande faixa denunciando as irregularidades no processo e que continha as frases: “Os peritos afirmam que as garrafas foram fabricadas em um galpão antigo, porém foram coagidos a periciar uma fábrica moderna”, “O Tribunal de Justiça de São Paulo sempre substituiu o juiz do meu processo toda vez que o mesmo ia proferir a sentença” e “A juiza que julgou esta ação como improcedente baseia-se em suposições onde rejeita provas judiciais”. Estas denúncias, expostas na faixa e nos panfletos, foram as mesmas que ele nos relatou.

A persistência de Wilson fez o caso obter repercussão. Vivendo com a ajuda de amigos, o único desejo de Wilson é que a justiça seja feita e que a Coca-Cola seja responsabilizada.

Para mais informações, sua fan page no Facebook é: www.facebook.com/FanPageWilsonBatistaRezende

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait