Lutas de Libertação Nacional

A- A A+

Afeganistão: mais crimes do imperialismo

http://www.anovademocracia.com.br/136/19a.jpg
Parentes de vítimas civis observando relatório

No último dia 11 de agosto, a Anistia Internacional (AI), em relatório, denunciou e criticou os assassinatos de afegãos promovidos pelas tropas invasoras do USA no Afeganistão. “Um sistema de justiça militar americano com muitas falhas que permite uma cultura de impunidade”, diz o documento apontando que sequer reparações financeiras às famílias dos mortos foram feitas pelo Estado genocida ianque.

Desde a invasão do país em 2001, sob o pretexto de “combate ao terrorismo”, milhares de afegãos foram assassinados e feridos nas operações genocidas da “Força Internacional de Assistência à Segurança da Otan (Isaf)” encabeçada pelo exército sanguinário do USA.

Segundo nota publicada pela agência France-Presse, o relatório da AI detalha, por exemplo, um bombardeio datado de 2012 nas montanhas da província oriental de Laghman, que atingiu mulheres que recolhiam lenha. Sete mulheres e meninas morreram e outras sete ficaram feridas no ataque.

Ghulam Noor, que nesse bombardeio perdeu a filha Bibi Halimi, de 16 anos, levou os corpos a um centro da Otan depois de ouvir que a coalizão garantia ter matado apenas insurgentes.

Tivemos que mostrar a eles que mulheres haviam morrido — declarou à Anistia Internacional.

A nota da AFP é concluída afirmando que “a Anistia afirma que os aldeões entraram com processos ante o governador provincial, mas que as forças internacionais no Afeganistão não podem ser julgadas pela lei afegã, e que nunca ninguém contatou as famílias para investigar o ataque”.

A resistência aniquila invasores

Em 12 de agosto, a Otan informou que um soldado a serviço do coalizão foi aniquilado durante um ataque no leste do país. Com esta, chega a 51 o número de militares mercenários da Otan aniquilados somente este ano. Desse total, 38 eram ianques.

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait