MG: Atos celebram Resistência de Cachoeirinha

A- A A+

Nota da Redação de AND: Reproduzimos abaixo trechos de notas enviadas pelo Comitê de Apoio ao AND do Norte de Minas Gerais sobre a manifestação e o ato público que celebraram o cinquentenário da  Heroica Resistência dos Posseiros de Cachoeirinha.

Combativa manifestação bloqueia rodovia em celebração à resistência camponesa de Cachoeirinha
Combativa manifestação bloqueia rodovia em celebração à resistência camponesa de Cachoeirinha

Mais de cem bandeiras vermelhas tremulavam na manhã do último dia 13/06 pelas ruas de Cachoeirinha, no Norte de Minas Gerais. Estes mesmos camponeses, que durante todos esses 50 anos seguem resistindo heroicamente, desde 1967, na luta combativa pela retomada de suas terras, deram mais uma demonstração de toda a sua fortaleza e superioridade moral, quando guiados por uma direção justa e à sua altura.

Ao som de foguetes, os camponeses, organizados pela LCP do Norte de Minas e Sul da Bahia, marcharam imponentes, desafiando a PM e a Polícia Civil que cercavam o protesto e que, desde os dias anteriores, rondavam os camponeses com ameaças veladas e provocações. Comerciantes e trabalhadores que passavam pelas ruas paravam para ver a combativa passeata. Centenas de panfletos com os dizeres Viva os 50 anos da Heroica Resistência dos Posseiros de Cachoeirinha! e Chacina em Pau D’Arco é crime de Estado! foram distribuídos.

Em duas colunas, os camponeses altivos carregavam faixas com as suas palavras de ordem e estandartes com as fotos de seus líderes e heróis de nosso povo. Participaram também senhores e senhoras que eram crianças quando dos crimes do latifúndio e do velho Estado contra os posseiros em 1967 e companheiros que iniciaram a luta pela terra nos dias de hoje, muitos jovens e crianças. Os companheiros Ursulino Pereira Lima (Seu Sula, Presidente de Honra da LCP do Norte de Minas e Sul da Bahia) e Jader de Paula (Seu Jader), lideranças históricas da resistência dos posseiros de Cachoeirinha falecidos recentemente, estavam, mais uma vez, presentes naquela luta! Não apenas nas suas fotos que, do início ao fim, estiveram à frente do protesto, mas no espírito combativo que contagiava a todos naquela manhã histórica. As imagens do companheiro Cleomar Rodrigues, coordenador político da LCP assassinado por pistoleiros e policiais em 2014, simbolizava a continuidade dessa mesma luta de classes, de nossos bravos sertanejos contra o mesmo velho Estado, contra o mesmo latifúndio que urge ser destruído.

Familiares do companheiro Sula, massas das comunidades Vitória, Caitité, Verde Água, dentre outras comunidades camponesas de Cachoeirinha, ativistas e dirigentes da LCP de Varzelândia, Manga e Pedras de Maria da Cruz, apoiadores do movimento camponês combativo de Montes Claros e Janaúba, todos demonstravam a alta consciência de que cumpriam uma importante tarefa da Revolução Agrária. Era uma das manifestações políticas dos camponeses pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia em honra aos companheiros Antônio Montes de Brito (Antônio Manso), Juarez (Juarez Baiano), Marcionílio Gomes Teles, Martim Fagundes e Ursino Cardoso (Ursino Preto), heróis do povo na heroica resistência de Cachoeirinha. Todos deram manifestações de repúdio aos crimes continuados e impunes do latifúndio de ontem e de hoje.

Ao carro de som, dirigentes da LCP conclamavam: Contra a crise, unir os camponeses pobres, remanescentes de quilombolas e indígenas na luta pela destruição do latifúndio! Após o protesto atravessar a ponte sobre o Rio Verde, não tardou para que uma coluna de fumaça cobrisse os céus, enquanto a rodovia MG-401, que liga as cidades de Janaúba e Jaíba, era bloqueada. Em vão, os policiais tentavam intimidar os manifestantes. O protesto foi encerrado com fogo, expressando a combatividade das famílias camponesas de Cachoeirinha. Fechando com chave de ouro, os camponeses expulsaram uma viatura da PM que tentava intimidar o motorista do ônibus que os levou ao protesto.

Ato público em Verdelândia

No dia 27/06, ocorreu o Ato Político em celebração dos 50 anos da Heroica Resistência dos Posseiros de Cachoeirinha organizado pela LCP do Norte de Minas e Sul da Bahia na Comunidade Vitória/Cachoeirinha, em Verdelândia.

A atividade contou com a participação de camponeses da região, além de entidades e movimentos populares, democráticos e classistas como a Liga Operária, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (FETAEMG), o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de BH e Região (Marreta) e o Movimento Feminino Popular (MFP).

O Ato Político marcou o encontro de diferentes gerações do movimento camponês combativo, no qual a LCP reafirmou a decisão de continuar a luta iniciada pelos posseiros de Cachoeirinha em 1967 e de avançar com a Revolução Agrária, tomando todas as terras do latifúndio e distribuindo-as entre os camponeses pobres sem terra ou com pouca terra.

O Ato Político também rendeu homenagens a Alípio de Freitas, histórico dirigente das Ligas Camponesas, membro do conselho editorial de AND e Presidente de Honra da LCP, falecido no dia 12/06.

Em nota enviada à nossa Redação, o Comitê de Apoio ao AND do Norte de Minas destacou que o “Ato transmitiu um grande ânimo a todos. Saímos revigorados, pois vimos com os nossos próprios olhos e podemos transmitir aos leitores de AND a certeza de que as sementes da luta pela terra, regadas na década de 1960, pelo sangue dos companheiros Antônio Montes de Brito, Marcionílio Gomes Teles, Juarez, Martim Fagundes e Ursino Cardoso, brotaram, deram frutos e irão vingar definitivamente com a Revolução Agrária, que, por sua vez, se justifica cada dia mais profundamente nos corações e mentes dos que hoje seguem lutando pelo fim do latifúndio”.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait