MS: Guarani e Kaiowá atacados em Caarapó

A- A A+

Nos dias 30 e 31/07, os Guarani e Kaiowá do Tekoha Tey’i Kue foram atacados por pistoleiros da fazenda Santa Maria, em Caarapó (MS). Os pistoleiros dispararam com armas de fogo contra os barracos dos indígenas, mas ninguém saiu ferido.

Corpos de indígenas são encontrados um ano após desaparecimento
Corpos de indígenas são encontrados um ano após desaparecimento

Os ataques ocorreram com a presença da Força Nacional de Segurança na região que foi enviada pelo velho Estado sob a prerrogativa de “dar proteção aos indígenas”.

Os Guarani e Kaiowá ocupam cerca de 120 hectares, de um total de 3 mil hectares da fazenda Santa Maria. Os indígenas exigem a desocupação da sede da fazenda e a saída dos pistoleiros que lá estão alojados.

O Tekoha Tey’i Kue integra a Terra Indígena Dourados Amambai Peguá I, que está com o processo de demarcação paralisado há anos pelo velho Estado.

Corpos indígenas encontrados

Os corpos de Gabriel Martins e Fábio Vera foram encontrados no dia 01/08 na fazenda Dois Irmãos, em Iguatemi, um ano após desaparecerem. Os corpos foram localizados pelos Guarani e Kaiowá.

Segundo denúncias dos Guarani e Kaiowá ao Coletivo Terra Vermelha, os indígenas foram executados e enterrados na fazenda, quando caçavam e pescavam em uma das margens do rio Iguatemi. Os cadáveres estavam enterrados às margens de um córrego, próximo à sede da fazenda.

Um ex-funcionário da fazenda é apontado como principal suspeito de ter praticado os homicídios e a ocultação dos corpos.

Os dois indígenas de 37 anos pertenciam ao povo Guarani e Kaiowá e haviam desaparecido no dia 16/07 de 2016, quando foram pescar no rio Iguatemi. Ambosintegravam a retomada Yvy Katu.

Os Guarani e Kaiowá da região são constantemente atacados e ameaçados por pistoleiros a serviço de latifundiários, quando tentam acessar rios e matas situadas dentro de fazendas incidentes ou contíguas às terras indígenas.

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait