O samba fica sem Ataulphinho

A- A A+

Na noite do último dia 15, domingo, o samba ficou sem um de seus nomes, Ataulpho Alves Júnior, entrevistado no AND 44. Filho de um dos nomes mais importantes do samba de todos os tempos, o cantor e compositor Ataulfo Alves, herdou do pai o gosto pela música e pelo samba em particular. Ataulphinho, como era conhecido, compôs muitos sambas em parceria com outros nomes importantes, sendo uma de suas músicas mais conhecidas Os meninos da Mangueira, de 1976. Com mais de 40 anos de carreira e vários discos gravados, aos 74 anos de idade Ataulphinho se apresentava em shows e participava de rodas de samba.

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait