Estudantes convocam dia nacional de luta nesta quinta, 23 de novembro

A- A A+

Reproduzimos na íntegra Convocatória Nacional feita pela Executiva Nacional dos Estudantes de Pedagogia (ExNEPe) para o Dia Nacional de Luta em Defesa do Ensino Público e Gratuito, que será realizado neste 23 de novembro.

"As reacionárias e corruptas classes dominantes brasileiras tem um plano. O plano de acabar com o ensino público e gratuito no país! A cada ano eles têm implementado mais e mais este seu nefasto projeto. Hoje, o escolhido pelo decrépito Temer (PMDB) como ministro anti-estudante e anti-professor, Mendonça Filho (DEM), está acelerando ainda mais a privatização das universidades brasileiras. Contra tudo isto, temos que aplicar o Plano de Lutas da Pedagogia para Defender o Ensino Público e Gratuito!

O cenário de destruição do Ensino Superior está presente de Norte a Sul do país: laboratórios sem equipamentos, contas de água e luz sem pagar, obras paradas, atividades de manutenção e limpeza paralisadas e – o mais grave de tudo isso – bandejões fechados, bolsas cortadas, professores e funcionários sem receber pagamento por vários meses e aulas suspensas por falta de verba.


Várias universidades já anunciaram a possibilidade de fechar definitivamente as portas dentro de poucos meses e as estaduais são as mais afetadas. Todo o país está acompanhando o caso crítico da UERJ, que até hoje não conseguiu concluir o primeiro semestre de 2017 por falta de recursos para se manter funcionando. Foi a luta combativa dos estudantes que impediu a UERJ de ser fechada até hoje porque ocuparam e tomaram o controle do bandejão da universidade.

O processo em ritmo acelerado de sucateamento e a precarização das universidades públicas é a mesma a lógica seguida pelo canalha FHC (PSDB): sucatear para privatizar. O próprio reitor da UERJ já admitiu seu plano reacionário de levar a universidade à falência completa para depois defender a privatização como única forma de reabri-la. Além disso, a reitoria da UNIFESP está chantageando os estudantes a aceitarem cortes na assistência estudantil para “garantir” a abertura da universidade no ano que vem.

Os gerentes estaduais e o próprio MEC estão cometendo o assassinato financeiro das nossas universidades. Não bastasse tudo isso, aprofundam-se as abundantes “Parcerias Público-Privadas”, a administração por empresas privadas (famigeradas ‘OS’), o financiamento bilionário das faculdades privadas via PROUNI e FIES. O corrupto “Poder Judiciário” através do STF autorizou, no começo deste ano, a cobrança de mensalidade nos cursos de pós-graduação e o deputado federal oportunista do PT de São Paulo André Sanches propôs a PEC 366/17 para mudar a Constituição e impor a cobrança nos cursos de graduação em todas as universidades públicas. Este projeto reacionário propõe a cobrança “proporcional” à condição do estudante e chega ao cúmulo de defender o pagamento mediante prestação de serviço!

São esses mesmos chefes de quadrilha e bandidos federais de todos os partidos e todas as cores que querem fechar nossas universidades para vendê-las a preço de banana. Estes canalhas também querem ditar o conteúdo das nossas aulas e controlar a atividade dos professores. Não vamos aceitar!

O arbitrário Projeto de Lei 6847/17 tramitando na Câmara Federal em Brasília em caráter conclusivo pretende impor um Conselho Federal de Pedagogia, escolhido pelo podre Senado Federal, para fiscalizar, controlar e punir os professores. Esta falsa regulamentação é uma mentira criada para encobrir mais um instrumento de perseguição político-ideológica e de policiamento da atividade dos professores. Vai na mesma linha do projeto fascista de “Escola Sem Partido”, que não faz mais do que colocar nossas salas de aula a serviço da perpetuação dessa sociedade apodrecida de opressão e exploração. Exigimos a suspensão imediata da tramitação do PL 6847/17 e seu arquivamento definitivo!

Contra esse cenário caótico e o plano reacionário do velho Estado, combater com o Plano de Lutas da Pedagogia para barrar o sucateamento e a privatização das universidades públicas e a falsa regulamentação da profissão do pedagogo! É hora de nos levantarmos em luta real e consequente para defender nossos direitos!

Estudantes de pedagogia, licenciatura e outros cursos, professores, servidores públicos da educação e trabalhadores terceirizados:

A Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia convoca para o dia 23/11, o Dia Nacional de Luta em Defesa do Ensino Público e Gratuito. Neste dia, realizaremos manifestações e atos públicos em todo o país, com fechamento de avenidas e rodovias, denunciando e desmascarando este projeto nocivo de privatização das universidades e de perseguição aos professores. No dia 7/12, teremos uma Audiência Pública na Câmara dos Deputados em Brasília, arrancada com muita luta pela ExNEPe após a Audiência realizada na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Por isto é muito importante impulsionar nossa mobilização nacional para o Dia 23/11.

Participe, organize sua sala de aula, sua escola, seu bairro ou colegas de trabalho. Vamos mostrar para esses bandidos que com a nossa educação não se brinca e levar esta luta adiante para transformar nossas escolas e universidades à serviço ao povo.

ABAIXO A PRIVATIZAÇÃO DA UNIVERSIDADE BRASILEIRA!

CONTRA A FALSA REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DO PEDAGOGO!

REBELAR-SE É JUSTO!"

Manifestação no Rio de Janeiro, dia 23/11, às 17h, na UERJ (Campus Maracanã).

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait