RO: Camponeses denunciam reintegração e agressão policial

A- A A+

Reproduzimos denúncia enviada por camponeses de Rondônia.

Recebemos em nossa Redação a informação de que os camponeses do Acampamento Bacuri, localizado na Linha C-95, em Rio Crespo, Rondônia, foram vítimas de uma reintegração de posse no último dia 24 de novembro. Tal Acampamento abrangia três áreas onde residiam 66 famílias, sendo que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Terra Legal haviam prometido, desde 2013, destinar as áreas para assentamento.

No cumprimento de liminar de reintegração, a PM chegou no local acompanhada de um oficial de “justiça”. O Incra disse que, através da Ouvidoria Agrária, iria acompanhar a reintegração, mas não o fez. A reintegração era somente contra a área que pretensamente pertenceria ao latifundiário Paulo França, mas a PM colocou fogo em casas localizadas na área que teria como pretenso proprietário o latifundiário Dagmar.

Ocorreram agressões física e verbal contra o camponês Jailson, segundo informações prestadas pelos camponeses que estavam no local (aproximadamente 10 famílias estavam na área no momento). A PM xingou os camponeses de “vagabundos” e deu uma coronhada nas costas de Jailson, que não conseguiu identificar o agressor.

Os agentes, além de não deixaram os camponeses filmarem a ação covarde, incendiaram as casas, destruíram as roças com trator e não ofereceram transporte adequado para os animais, sendo que alguns deles morreram por serem transportados para outro local de forma inadequada.

Apesar de ter solicitado no processo o acompanhado da OAB, mas isso também não ocorreu, assim como a prefeitura e o Incra não foram notificados para destinar lugar para as famílias ficarem acampadas, estando as mesmas lançadas à própria sorte. Essa situação se arrasta desde 2013 e os órgãos responsáveis já poderiam ter resolvido a situação, de forma que as famílias que não têm para onde ir já disseram que voltarão para a área.

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait