Argentina: Greve Geral e manifestações repudiam contrarreformas

A- A A+

Foto: Eitan Abramovich/AFP

Uma Greve Geral convocada contra os ataques à previdência promovidos pelo gerenciamento antipovo de Maurício Macri paralisam desde 18/12 os transportes e o comércio na Argentina.
Também nesta segunda-feira (18), massivas manifestações sacudiram as ruas de Buenos Aires e a praça do Congresso, registrando confrontos com as forças de repressão do velho Estado.

Os enfrentamentos duraram pelo menos 4 horas. Em resposta aos violentos ataques dos batalhões policiais que atiraram bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha contra os trabalhadores, manifestantes lançavam pedras, garrafas e rojões.

Desde o dia 14 de dezembro, quando um combativo protesto forçou o congresso a suspender a votação da contrarreforma, milhares de pessoas tem tomado as ruas da capital contra o corte de direitos.


Foto: Eitan Abramovich/AFP


Manobras para aprovar ataques

Como manobra para aprovar a contrarreforma na madrugada de (19/12), o reacionário Macri fez um acordão com seus "opositores" - "pacto fiscal" assinado com 23 das 24 províncias do país - por meio do qual promete dividir entre os participantes o butim arrecadado com os ataques aos direitos do povo.

Dentre os ataques contra os direitos previdenciários contidos no pacote, estão as alterações nos cálculos das aposentadorias, pensões e da Quota Universal por Filho. Dos quais um ponto importante é o que altera a "fórmula de mobilidade", medida que estabelece os aumentos periódicos aplicados aos salários considerando a situação inflacionária do país.

Atualmente esta fórmula beneficia mais de 17 milhões de aposentados, pensionistas e beneficiários de programas familiares.  Além disso, de acordo com a "reforma", o reajuste dos benefícios deixará de ser semestral e passará a ser aplicado a cada trimestre, fazendo com que a compensação de aproximadamente 12% prevista para março de 2018 caia para 5,7%.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait