Índia: Ação armada em boicote à visita de primeiro-ministro

A- A A+

Dois policiais foram aniquilados e cinco feridos gravemente após ação armada do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), no distrito de Bijapur, estado de Karnataka. A ação foi parte do boicote à visita do primeiro-ministro do velho Estado à região.

Os guerrilheiros, dirigidos pelo Partido Comunista da Índia (Maoista), realizaram a emboscada na área de Jangla contra o ônibus da polícia com cerca de trinta agentes que estava saindo de Kutru. O veículo explodiu com uma mina improvisada.

A ação ocorre no contexto de intensa movimentação das forças inimigas na região. Estima-se que mais de 4 mil agentes das forças repressivas estão realizando operações na área antes da visita que o primeiro-ministro Modi programou para o dia 14 de abril. Os maoístas pediram às massas que boicotassem a visita.

Punição às execuções

O Presidente da Frente Revolucionária Democrática, o famoso escritor revolucionário Varavara Rao, denunciou como “falso encontro” o assassinato de dez combatentes maoístas no dia 02/04, na zona fronteiriça Matapalagutta-Pujari Kanker. Ele exigiu a punição dos envolvidos ao que chamou de assassinato à sangue frio e fora de situação de combate.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait