AL: Organizações de luta pela terra prestam solidariedade aos camponeses de Várzea Grande

AL: Organizações de luta pela terra prestam solidariedade aos camponeses de Várzea Grande

Print Friendly, PDF & Email
Camponeses ocupam a fazenda Várzea Grande em Rio Largo (AL) no dia 27 de agosto do ano passado

Após o criminoso despejo do Acampamento Fazenda Várzea Grande, em Rio Largo, Alagoas, no dia 31 de janeiro, denunciado por AND em sua edição de número 204 e em seu Portal, o Movimento de Luta pela Terra (MLT) prestou solidariedade à Liga dos Camponeses Pobres (LCP) e às famílias. Reproduzimos a seguir a nota emitida pelo MLT.


Nós do MLT – Movimento de Luta pela Terra vimos a público manifestar nossa solidariedade à LCP/NE – Liga dos Camponeses Pobres do Nordeste e às famílias acampadas na Fazenda Várzea Grande, pelo despejo truculento que as forças do Estado realizaram, mais uma vez, atuando para criminalizar a luta camponesa. Neste momento em que cada vez mais as massas camponesas se levantam em luta, em diferentes regiões do país, é necessário denunciar as agressões do Estado contra as massas camponesas e condenar de maneira contundente os atos que tratam camponeses como se fossem bandidos. Lutar pela terra não é crime!

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: