BA: Latifúndio improdutivo que já foi usado por tráfico é retomado por camponeses

BA: Latifúndio improdutivo que já foi usado por tráfico é retomado por camponeses

Print Friendly, PDF & Email

Cerca de 60 famílias camponesas retomaram, no dia 26 de fevereiro, a fazenda Queimadas de Itiano, localizada em Cafarnaum, na Bahia. No local havia sido apreendidos cinco toneladas de maconha e já havia sido também ocupada pelos camponeses.

A fazenda Queimadas de Itiano, deveria passar a ser posse da união após da apreensão de 5 toneladas e 170 quilos de maconha  já ensacadas e incineração de 10 mil pés da planta no ano de 2011. 

Os camponeses ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na época da apreensão ocuparam a área e ali permaneceram por seis anos, baseando-se na legislação vigente que diz que as propriedades onde forem localizadas culturas ilegais de plantas psicotrópicas ou a exploração de trabalho escravo devem ser expropriadas e destinadas à reforma agrária e aos programas de habitação popular, a fim de impulsionar a distribuição das terras para as famílias dos camponeses.

Porém, o judiciário em 2017 aceitou o pedido de despejo das famílias e a área passou a ser improdutiva. 

Fazenda improdutiva é retomada por camponeses na Bahia. Foto: Portal Voz do movimento.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: