BA: Pataxó resistem a expansão do setor hoteleiro

BA: Pataxó resistem a expansão do setor hoteleiro

Print Friendly, PDF & Email

Com informações da agência Repórter Brasil

 

Os pataxó que vivem no município de Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, têm resistido a expansão do setor hoteleiro, em uma região conhecida pelo turismo praieiro. Nos últimos anos, os indígenas vêm avançando na retomada de seus territórios tradicionais, enfrentando as tentativas de despejo pelo judiciário e os ataques de capangas a serviço de latifundiários e grandes empreendimentos imobiliários e turísticos.

Segundo denúncias dos indígenas à reportagem da agência Repórter Brasil, a construção de novos hotéis têm causado a destruição de aldeias e o despejo das famílias pataxó.

Uma das atrações oferecidas pelo setor turístico da região que desaloja os pataxó é – ironicamente – a encenação histórica do contato entre indígenas e portugueses em 1500, já que foi nesta área, conhecida como “costa do descobrimento”, que os colonizadores invasores desembarcaram pela primeira vez no que viria a ser o Brasil.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: