CE: Camponeses realizam manifestação contra despejo do Assentamento Maceió

CE: Camponeses realizam manifestação contra despejo do Assentamento Maceió

Print Friendly, PDF & Email


Ato realizado dia 26 contra despejo da comunidade de Apiques. Foto: Amanda Sampaio

Há duas semanas, no dia 26 de novembro, camponeses realizaram uma manifestação contra o despejo da comunidade de Apiques, localizada no Assentamento Maceió, no município de Itapipoca, Ceará. 

O ato contou com a presença de aproximadamente 400 pessoas, entre essas representantes de comunidades vizinhas como os Tremembé da Barra do Mundaú e Caetanos, jovens, estudantes, assentados e movimentos populares. A comunidade de Apiques é uma das 12 comunidades que compõem o Assentamento Maceió que habita a região há cerca de 34 anos.

No dia 20 de novembro, a comunidade foi invadida pelo grileiro conhecido como Francisco Dartagnam, acompanhado de agentes do velho Estado e do batalhão da tropa de choque da Polícia Militar. Durante o despejo houve destruição de cercados, coqueiros, dentre outros plantios das famílias assentadas.

Segundo os camponeses, os policiais efetuaram disparos de bombas e gás lacrimogêneo que atingiu aos presentes, chegando até a Escola de Educação Básica de Apiques, onde as crianças tiveram que paralisar as aulas por conta dos efeitos causados pelo gás.


Polícia Militar invade comunidade de Apiques. Fotos: Banco de dados AND

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: