Chile: Rádio popular sofre ataque contra liberdade de expressão

Chile: Rádio popular sofre ataque contra liberdade de expressão

Print Friendly, PDF & Email

A rádio comunitária e popular Manque, de Rancagua, sofreu interferência durante a transmissão de sua programação por parte da Rádio Carolina Segurar Bethia, que monopoliza um grande canal de televisão local e diversas estações de rádio. O fato ocorreu na noite de 12/04 e foi denunciado pelo jornal democrático chileno El Pueblo

A rádio Manque é conhecida por defender a comunicação enquanto um direito. Em nota emitida pelos integrantes da rádio, eles rechaçam o monopólio das demais empresas de comunicação que tentam silenciar o projeto, que caracterizaram como “empresas que fazem da comunicação um negócio lucrativo, sem nenhum compromisso com as lutas do povo”.

Além do ataque recente contra a emissora, eles recordaram outro ataque a que foram alvo, em outubro de 2015. Na ocasião, a Polícia de Investigações do Chile confiscou os equipamentos da rádio e levou para a delegacia os integrantes da mesma.  

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: