Estivadores italianos se recusam a carregar navio saudita com armas

Estivadores italianos se recusam a carregar navio saudita com armas

Print Friendly, PDF & Email

Estivadores italianos se recusaram a carregar um navio saudita com armas que seriam transportadas ao país, segundo noticiou a imprensa no dia 20 de maio. Os trabalhadores, organizados pelos sindicatos locais, empreenderam o boicote em protesto à guerra contra a nação Iêmen.

“Não seremos cúmplices do que está ocorrendo no Iêmen”, protestou um dirigente sindical, referindo-se à guerra de agressão movida pela Arábia Saudita contra o país vizinho, sob mando e a serviço do imperialismo ianque. Os trabalhadores se mobilizaram e receberam o navio, no porto, com cartazes e faixas de protesto à guerra no Iêmen.

Foto Ilustrativa

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: