Estudantes da UFMS realizam vigorosa manifestação antifascista

Estudantes da UFMS realizam vigorosa manifestação antifascista

Print Friendly, PDF & Email

Com informações de apoiadores locais

Aos gritos de “Ô Bolsonaro,  pode esperar, vai aumentar o protesto popular!”, na tarde da última quarta-feira, 31 de outubro, cerca de 100 estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) realizaram um combativo protesto no campus de Campo Grande contra a crescente reacionarização em marcha no país e em repúdio ao fascista que, a partir de 2019, presidirá a repressão contra o povo.

Os jovens se reuniram por volta das 16h em frente à Biblioteca da universidade, de onde seguiram em passeata passando por vários blocos.

Além de palavras de ordem contra o fascismo,  os estudantes também entoaram inúmeras frases de protesto em defesa da educação pública e afirmaram: “Aqui está presente o movimento estudantil!”.

Após o término do ato, os estudantes se concentraram na Concha Acústica, onde foi realizada uma roda de debates e a atividade cultural ‘Slam na Concha’.

Estudantes marcham em universidade, UFMS, outubro de 2018. Foto – Banco de Dados/AND
Estudantes marcham em universidade, UFMS, outubro de 2018. Foto – Banco de Dados/AND
Debate em Concha Acústica, UFMS, outubro de 2018. Foto – Banco de Dados/AND
Estudantes marcham em universidade, UFMS, outubro de 2018. Foto – Banco de Dados/AND
Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: