Estudantes protestam contra demissões de professores da Estácio

Estudantes protestam contra demissões de professores da Estácio

Print Friendly, PDF & Email

Estudantes protestam dentro do Campus da Estácio de Ribeirão Preto (SP)

Estudantes da Universidade Estácio de Sá de Ribeirão Preto (SP) realizaram um protesto contra a demissão de mais 1,2mil professores da instituição na quarta-feira 06/12. 

Os alunos retratam que essas demissões visam o corte de custos por parte da Universidade, comprometendo a qualidade de ensino.

Professores que foram demitidos denunciam que essa prática efetuada logo após a aprovação da Contrarreforma Trabalhista deixa claro que o objetivo da empresa educacional é contratar e ou recontratar os professores para pagar um valor abaixo. 

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: