Greve geral encerra “Semana dos Mártires” na Índia

Greve geral encerra “Semana dos Mártires” na Índia

Print Friendly, PDF & Email

Como parte da “Semana dos Mártires”, maoistas distribuíram panfletos e fixaram inúmeros cartazes informando sobre a Greve Geral (bandh) convocada nos estados de Jharkhand e Bihar, no dia 3 de agosto. A greve ocorreu no último dia da “Semana dos Mártires”, segundo noticiou o Blog RedsPark.

Os cartazes vermelhos que foram encontrados nos estados vizinhos conclamaram categoricamente às pessoas para protestarem contra a Operação “Caçada Verde” da polícia em áreas maoistas. Os cartazes também pediram aos habitantes locais que se unissem ao Partido Comunista da Índia (maoista) em grande número para vingar os assassinatos de ativistas revolucionários.

Em outra ação, o PCI (Maoista) colocou cartazes na parede de um templo de Shiva em Kalyansinghpur, estado de Orissa, chamando as pessoas que residem nas colinas de Niyamgiri para se oporem à conspiração do governo em entregar a área para companhias privadas, o dia 2. Nesses cartazes, os revolucionários fizeram um chamado ao povo de Rayagada e Kalahandi para ocuparem as colinas de Niyamgiri em oposição ao governo do estado e à polícia do distrito, que têm tentado suprimir o Movimento Popular em Niyamgiri e entregar o rico alumínio da região de colina para a companhia Vedanta Aluminium Ltd.

Também fez parte da “Semana dos Mártires” um grande acampamento na área de Ralegada, fronteira de Andhra-Odisha, em Malkangiri, no último sábado (28) sob a supervisão do dirigente maoísta Rabana.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: