Há 8 anos, maoistas indianos realizavam sua maior ação armada

Há 8 anos, maoistas indianos realizavam sua maior ação armada

Print Friendly, PDF & Email

Em 6 de abril de 2018 completam-se oito anos da maior ação armada executada pelo Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoista). Mais de 76 soldados do 62º Batalhão da Força Policial da Reserva Central foram cercados e aniquilados, em Dantewada, estado de Chhattisgarh.

A ação ocorreu quando mais de 80 soldados da reação realizavam exercício de domínio do território. Os maoistas mobilizaram mais de 300 guerrilheiros. Dois comboios foram explodidos enquanto voltavam de uma operação por minas terrestres armadas pelos combatentes vermelhos.

A ação gerou grande repercussão nacional e internacional. Os reacionários afirmavam que se tratava de um retrocesso em seus esforços. Já os maoistas, afirmaram tratar-se de uma resposta à altura contra a Operação “Caçada Verde”, lançada pelo governo semicolonial e semifeudal indiano em 2009 – operação destinada diretamente contra os maoistas e às massas camponesas em luta.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: