Índia: Polícia assassina dois camponeses e maoistas conclamam Greve Geral

Índia: Polícia assassina dois camponeses e maoistas conclamam Greve Geral

Print Friendly, PDF & Email

Foto ilustrativa. Combatentes do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo PCI (Maoista)

O Partido Comunista da Índia (Maoista) convocou uma Greve Geral no distrito de Visakhaptnam, estado de Andhra Pradesh. A greve é em protesto aos assassinatos de dois camponeses cometidos por uma unidade especial da polícia conhecida como Greyhounds. As informação foi divulgada no último dia 3 de abril pelo blog Dazibao Rojo.

Segundo um repórter do periódico The Hindu, os camponeses, um de 53 anos e outro de 30, não pertenciam ao partido e nem a nenhuma de suas organizações.

Ambos assassinatos ocorreram no último dia 15 de março, nas proximidades da aldeia de Buradamamidi, no estado de Pedakodapalli. Tal episódio foi narrado pelos policiais como um “encontro” com maoistas. Esses “encontros” (supostos confrontos) são falsas justificativas que as forças de repressão utilizam para assassinar camponeses e tribais.

Os maoistas acusam o governo do Partido Telegun Desam (TDP) de atuar com táticas de terror sobre os camponeses e a população tribal, com o objetivo de saquear as riquezas naturais de suas terras. Também acusam os partidos de oposição de cumplicidade em todos esses atos contra o povo, por conta de seu silêncio.

Em Kerala, a imprensa local informa a aparição de cartazes com a imagem do camarada CP Jaleel, membro do PCI (Maoista), na cidade de Thrissur. O cartaz exige punição aos culpados de seu assassinato e a dissolução da força de repressão Thunderbolt, autora de seu assassinato. Os maoistas reiteram que este será vingado.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: