Índia: Revolucionários confrontam e emboscam forças repressivas

Houve novos relatos de várias novas ações na guerra popular na Índia, dirigida pelo Partido Comunista da Índia (Maoista).

Índia: Revolucionários confrontam e emboscam forças repressivas

Houve novos relatos de várias novas ações na guerra popular na Índia, dirigida pelo Partido Comunista da Índia (Maoista).
Print Friendly, PDF & Email

Nota da Redação: Reproduzimos abaixo um artigo do portal de notícias The Red Herald (O Arauto Vermelho) traduzido e repercutido pelo blog Servir ao Povo. O texto trata de desenvolvimentos recentes da Revolução Indiana.


Houve relatos de várias novas ações na guerra popular na Índia, dirigida pelo Partido Comunista da Índia (Maoista), desde a última vez que relatamos.

No dia 22 de novembro, um soldado policial da Bastar Fighter ficou ferido após a ativação de um dispositivo explosivo improvisado (IED) no distrito de Sukma de Chhattisgarh. Bastar Fighter é uma “força especial” do velho Estado indiano para tentar combater a guerra popular A explosão ocorreu durante um “exercício de dominação da área” que foi realizado para construir uma estrada.

Também no dia 22 de novembro, no distrito de Narayanpur, em Chhattisgarh, foi relatado que um soldado da guarda da reserva distrital foi ferido por flechadas pelos maoistas.

No dia 23 de novembro, um policial da CRPF foi ferido por uma explosão de IDE no distrito de Jharkhand em oeste de Singhbhum.

No dia 27 de 14 de novembro, os veículos e máquinas foram incendiados pelos supostos maoistas em um canteiro de obras no distrito de Chhattisgarh em Dantewada. De acordo com um relatório de um monopólio de imprensa “40 a 50 pessoas não identificadas, vestidas de civis e alguns deles armados, chegaram ao local e incendiaram 14 veículos e máquinas, incluindo caminhões, poclain e máquinas escavadeiras”.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: