Israel bombardeia áreas civis e infraestrutura de Gaza

Israel bombardeia áreas civis e infraestrutura de Gaza

Print Friendly, PDF & Email

O Estado de Israel aplicou uma série de ataques aéreos contra Gaza desde a noite de 8 de agosto. Sob a justificativa de atacar bases militares da Resistência Nacional palestina, ao menos quatro civis foram mortos e mais de 40 ficaram feridos.

Entre os mortos estão a jovem Inas Kammash, de 23 anos, e sua filha Bayan Kammash, de um ano e meio. Detalhe cruel do crime sionista é que Inas estava grávida de 9 meses. O marido da jovem também ficou ferido após a casa da família ter sido atingida por um míssil.

A infraestrutura de Gaza, que atende às necessidades mais básicas da população e já debilitada após décadas de bombardeios, não ficou de fora. O departamento de distribuição e saneamento de água da cidade de Al-Mughraqa foi reduzido a escombros e cinzas. Neste ataque, parte do prédio da prefeitura da cidade também ficou danificado.  

Segundo declarações das próprias forças israelenses, mais de 140 construções supostamente pertencentes à Resistência foram alvos do ataque. No entanto, além de casas e instalações de infraestrutura destruídas, um grande centro cultural conhecido como Said Al-Mis’hal, considerado o maior da região, está entre os alvos do ataque. Ao menos dois mísseis foram lançados sobre a estrutura de cinco andares que ficava no campo de refugiados de Al-Shati, porção oeste de Gaza, e que veio abaixo.

Velório de Bayan Kammash


Sala da família Kammash ensanguentada

Palestinos seguram a placa que identificava o centro cultural Said Al-Mis’hal

Brinquedos de Bayan Kammash em meio aos escombros

Centro de tratamento e distribuição de água de Al-Mughraqa atingido pelos bombardeios

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: