Itália: Marcha contra o chauvinismo

Itália: Marcha contra o chauvinismo

Print Friendly, PDF & Email

Uma marcha antifascista composta por jovens imigrantes, negros, estudantes e intelectuais tomou as ruas de Macerata, cidade italiana onde um fascista, Luca Traini, promoveu uma chacina contra seis imigrantes africanos. A marcha ocorreu no dia 10/02.

A câmara municipal, temendo o protesto dos antifascistas ou enfrentamentos, mandou fechar todo o serviço local, incluindo escolas e comércios. A cidade, com 41 mil habitantes, parou para assistir à demonstração democrática. Dois dias antes, o grupo de aspiração fascista Forza Nuova saiu às ruas para defender o criminoso.

O crime

O assassino foi responsável pela morte de seis imigrantes de origem africana. Com uma conduta covarde, dirigindo um carro, ele passou e atirou deliberadamente contra pessoas negras. Depois, alegou que seria uma “vingança”. Feitos os crimes, ele ainda parou próximo a um monumento que faz referência à segunda guerra mundial imperialista e fez uma saudação nazista.

O elemento concorreu às últimas eleições municipais pelo partido fascista Liga Norte, não obtendo êxito.

Foto: Yara Nardi

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: