MA: Policiais armados ameaçam camponeses em Junco do Maranhão

Comsolute denuncia que PMs invadiram a Gleba Campina, na comunidade Vilela, em Junco do Maranhão, em um ataque a serviço de latifundiários grileiros da região.

MA: Policiais armados ameaçam camponeses em Junco do Maranhão

Comsolute denuncia que PMs invadiram a Gleba Campina, na comunidade Vilela, em Junco do Maranhão, em um ataque a serviço de latifundiários grileiros da região.
Print Friendly, PDF & Email

Segundo uma denúncia do Comitê de Solidariedade à Luta Pela Terra (Comsolute), no dia 10 de fevereiro, policiais militares invadiram a Gleba Campina, na comunidade Vilela, em Junco do Maranhão, e tentaram prender camponeses que trabalhavam nos lotes. A ação foi toda feita a serviço e acompanhada de latifundiários locais acusados de grilagem, particularmente Claudemir Moreira, conhecido como “Bill”. 

A ação ocorreu por volta de 13h00, quando seis policiais fortemente armados com fuzis e pistolas invadiram a gleba para tentar realizar a prisão. A nota da organização Comsolute descreve que: 

“De maneira escandalosa, os policiais estavam acompanhados do “gerente” da fazenda, Claudemir Moreira, o “Bill”: sujeito que é apontado pelos pistoleiros, em depoimento coletado pela polícia civil, como um dos mandantes da milícia armada encabeçada por Adilson Secco, que tem destruído as benfeitorias dos camponeses na Gleba Campina”, afirma o documento. 

Depois de não conseguirem prender os camponeses, os policiais tentaram intimidar os moradores da região com ameaças para que “não retornem à gleba”. Segundo os ativistas, a tentativa de intimidação dos camponeses é uma resposta à crescente mobilização na região, expressa na grande assembleia camponesa realizada no dia 04/02, onde a comunidade reafirmou o caminho da luta.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: