Datas memoráveis do proletariado

https://anovademocracia.com.br/106/02.jpg
https://anovademocracia.com.br/106/02.jpg

Datas memoráveis do proletariado

Print Friendly, PDF & Email

18 de março: 142 anos da Comuna de Paris

http://jornalzo.com.br/and/wp-content/uploads/https://anovademocracia.com.br/106/02.jpg

Extraído de Grandes êxitos da Revolução Cultural, documento redigido por Pedro Pomar, publicado em A Classe Operária, órgão central do Partido Comunista do Brasil, 1968.

“Em suas grandiosas batalhas contra a burguesia, o proletariado mundial conhecera a experiência imorredoura da Comuna de Paris, uma forma de Estado que, pela primeira vez na História, permitiu a participação direta e decisiva das massas no poder. Unia as funções legislativas às executivas e tornava acessível, aos trabalhadores mais simples, a direção do Estado. Como resultado da experiência da Comuna de Paris, a doutrina do proletariado foi enriquecida com a lição de que a máquina do Estado deve ser destruída, com todos os seus apêndices, e, em seu lugar, erigida uma nova, a serviço da ditadura proletária. E veio para primeiro plano a questão teórica de que não basta somente tomar o poder, mas trata-se sobretudo de mantê-lo e consolidá-lo.

Quase meio século após a Comuna de Paris, triunfou a Revolução de Outubro, tendo o proletariado russo criado o Poder Soviético, continuador da Comuna, elevada forma de instituição estatal democrática da ditadura do proletariado, capaz de unir em seu redor as massas trabalhadoras e exploradas mais atrasadas e dispersas e de assegurar a transição para o socialismo.

O Poder Soviético, como órgão do poder da imensa maioria das massas, antes oprimidas, contra a minoria opressora e como instrumento revolucionário para vencer a resistência de seus inimigos, cumpriu, durante um longo período, seu papel. Devido, porém, à traição dos revisionistas kruschovistas, o Poder Soviético perdeu seu conteúdo de classe e fez degenerar a ditadura burguesa.

A histórica iniciativa do proletariado e das massas chinesas enche de justificado júbilo as forças revolucionárias e marxistas-leninistas de todo o mundo. O povo revolucionário da China, com ideias e armas proletárias, está aplicando, de modo consequente, os ensinamentos do marxismo-leninismo. Rompe radicalmente com as ideias tradicionais, depois de ter rompido radicalmente com as formas de propriedade tradicionais. Essa obra de limpeza dos miasmas da velha sociedade, a fim de purificar a atmosfera da nova sociedade, apesar de não ser fácil, é vital para a causa do socialismo e do comunismo”.


25 de março: 91 anos da fundação do Partido Comunista do Brasil

No dia 25 de março completam-se 91 anos da fundação do Partido Comunista do Brasil – PCB.

Por ocasião dos 90 anos da fundação do PCB, AND publicou uma série de artigos de autoria do Núcleo de Estudos do Marxismo-Leninismo-Maoísmo tratando dos principais momentos, as polêmicas, as lutas ideológicas travadas no longo e tortuoso caminho para se forjar como organização de vanguarda do proletariado, a luta contra o revisionismo e a luta pela reconstituição do partido revolucionário do proletariado em nosso país.

O Núcleo de Estudos do MLM prepara uma compilação e edição revisada dessa série de artigos, com notas e acréscimos, que em breve estará disponível para os leitores de AND e todos aqueles interessados no tema.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: