Hillary e Obama rosnam para a América Latina e o mundo

Hillary e Obama rosnam para a América Latina e o mundo

Print Friendly, PDF & Email

Falando em uma universidade ianque ao lado do secretário de Defesa de Bush e Obama, Robert Gates, e mais especificamente respondendo à pergunta de um estudante brasileiro que estava na platéia, a secretária de Estado do USA, Hillary Clinton, deixou claro que o mote para futuras ingerências ianques na América Latina é mesmo, ao lado do combate ao "narcotráfico", o esquerdismo oportunista.

Disse ela: "Acho que é importante que façamos todo o possível para impedir o sequestro da democracia por parte de gente que é escolhida uma vez e depois decide que não deve haver outra eleição real, ou que apele aos golpes militares". Poucos dias depois, falando no Centro Nacional contra o Terrorismo de Mclean, no estado da Virgínia — órgão criado por Bush —, o próprio Obama não se fez de rogado: "Nós e nossos aliados estamos transmitindo uma mensagem inequívoca: perseguiremos a Al-Qaeda onde quer que se escondam", completando que as "ameaças ao USA" não vêm apenas do Afeganistão e do Paquistão, mas também de lugares de todo o mundo.

É, de fat,o inequívoco: a desculpa para as ocupações imperialistas no Oriente Médio e na Ásia Central está formalmente alargada para justificar agressões nos quatro cantos do planeta. Antes mesmo desta espécie de "anúncio oficial", o USA já vinha utilizando este argumento para intervir na África, sobretudo na Somália, a fim de mitigar levantes populares.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: