MG: Pichações denunciam latifundiário ladrão de terra: ‘Morte ao latifúndio’

Pichações em Montes Claros após atentado da extrema-direita contra a Área Revolucionária Cleomar Rodrigues.

MG: Pichações denunciam latifundiário ladrão de terra: ‘Morte ao latifúndio’

Pichações em Montes Claros após atentado da extrema-direita contra a Área Revolucionária Cleomar Rodrigues.
Print Friendly, PDF & Email

Poucos dias após a denúncia da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) do atentado movido pela extrema-direita contra a Área Revolucionária Cleomar Rodrigues, no município de Pedras de Maria da Cruz, diversas pichações foram encontradas em pelo menos quatro cidades da região norte de Minas Gerais.

As pichações têm a mesma consigna: Fora Walter Arantes ladrão de terra! Morte ao latifúndio!

Walter Arantes é o mesmo latifundiário que aparece na nota de denúncia da LCP contra o atentado às terras dos camponeses. A nota diz o seguinte: “Recentemente corre uma informação que a fazenda Pedras de Maria fora vendida para Walter Santana Arantes, o carrasco dos camponeses do Norte de Minas. Este inimigo do povo norte-mineiro está acumulando crimes contra o povo e sua conta está cada dia mais alta, está tentando expulsar os camponeses da Arapuim, porque conta com seu dinheiro para comprar a justiça e os políticos que são seus aliados.”

‘NENHUM ATAQUE PODERÁ DETER A JUSTA LUTA PELA TERRA!’

Em 20 de outubro, os camponeses da Área Revolucionária Cleomar Rodrigues foram vítimas de um atentado que ateou fogo à casa de um camponês, que havia ido até a cidade para fazer compras. Seus pertences, cartazes e parte dos materiais de propaganda da Assembleia Popular local ficaram incinerados. A destruição só não foi maior pois os camponeses vizinhos perceberam e apagaram o fogo.

A LCP denunciou que se trata de uma tentativa de frear a luta pela terra, relacionando o atentado com o assassinato de Cleomar Rodrigues em 22 de outubro de 2014. As pichações mais recentes enviadas por apoiadores à Redação de AND dão conta de que os camponeses em luta não se intimidaram com o covarde ataque.

Editorial semanal – Mobilizar as massas para combater os golpistas

Pichação na ponte sobre o Rio São Francisco. Foto: Banco de Dados AND

Pichação em bairro de Montes Claros. Foto: Banco de Dados AND

Pichação na ponte da cidade de Januária. Foto: Banco de Dados AND

Pichação na cidade de Pedras de Maria da Cruz. Foto: Banco de Dados AND

Tentativa falha e inútil do latifúndio de apagar a denúncia dos camponeses em luta pela terra. Foto: Banco de Dados AND

Imagem em destaque: Pichação em Montes Claros. Foto: Banco de Dados AND

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: