Moraes Moreira deixa o seu legado

Moraes Moreira deixa o seu legado

Print Friendly, PDF & Email

Na última segunda-feira, 13/04, faleceu o cantor, compositor e instrumentista Moraes Moreira. Nascido em Itauçu, interior da Bahia, em 1947, começou sua carreira musical tocando sanfona de doze baixos em festas juninas de sua cidade natal. Mais tarde aprendeu a tocar violão, mudou-se para Salvador e conheceu o cantor e compositor Tom Zé, que teve grande influência em sua carreira. Moraes participou do movimento musical Tropicália, nas décadas de 1960/70, e integrou o grupo Novos Baianos, de 1969 a 1975, juntamente com Pepeu Gomes, Baby Consuelo, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão. Ao lado de Luiz Galvão, Moraes compôs grande parte das canções do grupo. A partir de 1975 passou a seguiu carreira solo, destacando-se no cenário musical brasileiro, principalmente na música da Bahia e no carnaval baiano. Gravou 29 álbuns e teve muitas participações especiais, deixando o seu legado.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: