‘Mostra Cinema Político Argentino’ de 18 a 31 de janeiro

‘Mostra Cinema Político Argentino’ de 18 a 31 de janeiro

Print Friendly, PDF & Email

Começa segunda-feira, 18/01, e vai até o dia 31/01 a Mostra Cinema Político Argentino, realizada pelo Grupo de Pesquisa e Extensão Cinema e Memória na América Latina, da Universidade Federal Fluminense, UFF. O Objetivo da mostra é trabalhar através das diversas telas a história política da Argentina na segunda metade do Século XX, e todas as turbulências e contradições da luta de classes em um país capitalista-dependente. Um cinema militante, que discute a nossa condição neocolonial e todas as formas de dominação imperialista na América Latina, sem esquecer de denunciar os setores da sociedade argentina que sempre traíram os movimentos de libertação nacional. Por isso, os filmes escolhidos atravessam os períodos de ascensão, queda e proscrição do Peronismo; a política por trás dos golpes militares (55, 66 e 76), a perseguição aos movimentos sindicais, o terrorismo de Estado, a contraofensiva Montonera, a luta das organizações de direitos humanos, como Las Madres y Las Abuelas de Plaza de Mayo; o Estado neoliberal do período Menem, até o levante popular de dezembro de 2001. Ao todo serão exibidos 14 longa metragens e dois curtas de autores consagrados, como Fernando Pino Solanas (falecido no ano passado), Raymundo Gleyzer, Jorge Cédron (ambos “desaparecidos” pelo terrorismo empresarial-militar de Estado), Tristán Bauer, David Balusteisn, e de cineastas contemporâneos, como Omar Neri, Virna Molina, Benjamin Ávila, Monica Simoncini, entre outros. Além dos filmes, apresentaremos também duas lives com os professores Norberto Ferreira (Departamento de História-UFF), e Fabian Nunez (Departamento de Cinema- UFF). A Mostra Cinema Político Argentino é uma atividade do Instituto de Arte e Comunicação Social (IACS) da Universidade Federal Fluminense (UFF). Toda programação da mostra é 100% on-line e gratuita, e haverá emissão de certificado de participação. Para ter acesso ao material da mostra, basta se inscrever na própria página do Youtube (grupo cinema e memoria) ou na página do grupo no facebook”, divulgam os organizadores.

Endereços: 

https://www.facebook.com/grupodepesquisaeextensaocinemaememoria   (Facebook)

https://www.youtube.com/channel/UC8Rr8H_X9lQGlIf39a6230Q  (Youtube)

Link do evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/865651264246324/

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: