MT: Funcionários de hospital protestam após sete meses de salários atrasados

MT: Funcionários de hospital protestam após sete meses de salários atrasados

Print Friendly, PDF & Email

Foto: Reprodução / TV Centro América

Funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá realizaram um protesto no dia 28 de maio contra o não recebimento de salários desde outubro de 2018. O governo estadual assumiu a administração da Santa Casa no início de maio e pediu um mês para fazer um levantamento da situação. O hospital estava fechado a quase dois meses por conta de uma “crise”.

O Secretário estadual de Saúde do Mato Grosso, Gilberto Gomes de Figueiredo, disse que o hospital deveria ser reaberto em um mês. Assim se gerou uma expectativa por parte dos servidores de um anúncio no dia 27 de maio, porém o estado alegou que ainda não concluiu o levantamento e pediu mais tempo aos servidores.

O hospital, que trata de casos de média e alta complexidade, conta com 248 leitos e tem mais de 200 anos de fundação. O seu fechamento sobrecarrega os outros hospitais da região e do estado.

Dias antes, o governo do estado e a Assembleia Legislativa do Mato Grosso (ALMT) já haviam se comprometido a disponibilizar os recursos necessários para pagar os funcionários, durante uma audiência na Justiça do Trabalho. Porém, até agora, nada foi feito.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: