Saudações aos brigadistas de AND!

A- A A+

Saudamos calorosamente os companheiros dos comitês de apoio do Rio de Janeiro e de Recife, que abriram de forma vibrante a luta por iniciar 2013 com uma grande campanha de divulgação e tomaram a frente da luta por colocarmos as tarefas de divulgação e venda do jornal no centro das atividades dos comitês de apoio.

Chamamos as companheiras e companheiros apoiadores do jornal para que sigamos esses importantes exemplos.

Convocamos os comitês de apoio para que se reúnam, debatam o texto da página 3 da edição nº 101 "Abrir 2013 com uma grande campanha de divulgação" e se lancem com decisão ao trabalho.

Rio: brigadas vendem mais de cem jornais na Central

Nos dias 18 e 19 de dezembro do ano passado foram realizadas brigadas de venda do jornal na UERJ e no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da UFRJ. Foram vendidos 40 jornais.

No dia 20, fomos até a Central do Brasil e, em pouco mais de três horas de brigada, cem exemplares do jornal foram vendidos. Quatro companheiros participaram dessa atividade. Em seu relato da atividade, o comitê do Rio salientou que: "tivemos a oportunidade de conversar e expor as ideias de AND para os trabalhadores nas filas de ônibus, camelôs e comerciantes que trabalham no local. Vale ressaltar que, no início da atividade, a Guarda Municipal nos proibiu de realizá-la. Mesmo com a proibição, prosseguimos e realizamos uma das brigadas mais exitosas de 2012".

Já no dia 9 de janeiro, na primeira brigada de 2013, voltamos à Central e vendemos 22 jornais da edição n° 101. A partir da edição nº 100 de AND o comitê de apoio do RJ também passou a distribuir o jornal em 30 novas bancas localizadas no Centro e nas zonas Sul e Norte da cidade.

Recife: 129 jornais vendidos em um dia

Em 29 de dezembro, o comitê de apoio de Recife – PE também realizou duas brigadas no metrô da cidade. Pela manhã, quatro companheiros participaram e 86 jornais foram vendidos. À tarde, dois companheiros participaram e venderam 43 jornais, totalizando 129 jornais vendidos em um dia de trabalho.

"No final da brigada, uma mulher queria comprar um jornal, mas havia acabado. Então falei pra ela que podia ver no site e dei o endereço. Foi quando um homem que havia comprado o jornal (e estava sentado ao lado) tirou da bolsa um papel e uma caneta e escreveu o endereço. Pensei que ele ia recortar e dar a mulher. Foi quando ele guardou o papel na bolsa e deu o seu jornal a mulher, e nos parabenizou pelo nosso trabalho: 'Isso que vocês estão fazendo, primeiro é importante pois incentiva o povo a ler, e depois pois são assuntos que o povo precisa entender'.

Saímos das atividades bastante animados, com a certeza de estarmos fazendo um trabalho muito importante" [relato do comitê de apoio de Recife].

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Nossa tarefa nº 1

Relato do companheiro Castro do comitê de Recife

Com a brigada fazemos o jornal chegar às mãos do povo, e esse deve ser nosso principal objetivo. É fantástica a recepção das nossas ideias!

No ano passado realizamos três brigadas em Recife, com os números 97, 98 e 99. Em média vendemos 40 jornais, nos metrôs e terminais de ônibus.

É muito importante e necessário o envolvimento dos companheiros e companheiras do comitê e aqueles que apoiam o jornal. Depois de realizar a primeira, vão diminuindo as dificuldades: o medo de oferecer o jornal, vergonha de falar para as pessoas e o desafio de vender jornal para o povo.

 Antes da atividade é necessário marcar uma reunião do comitê, estudar e debater as matérias do jornal e marcar o dia da brigada. O responsável pelo comitê deve estar bem atento para organizar as atividades.

No metrô, é melhor no horário que não esteja muito cheio. Uma pessoa fica fazendo agitação, explica a diferença entre o AND e os jornais da burguesia. Enquanto isso, os outros companheiros vão oferecendo o jornal para as pessoas.

Nos terminais e filas de ônibus, a venda é quase individual. Devemos expor os jornais e falar das matérias, às vezes duas ou três pessoas escutam nossa propaganda. 

Esses são os primeiros relatos. Espero que contribuam.

Saudações!


LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja