Lutas de libertação nacional

Palestina: greve de fome e protestos contra Israel

Rafael Gomes Penelas

http://www.anovademocracia.com.br/105/23a.jpg
Manifestantes em confronto com policiais do lado de fora da prisão

Mais de quatro mil presos políticos palestinos em penitenciárias de Israel iniciaram, no dia 24 de fevereiro, uma greve de fome em protesto pela morte sob torturas do jovem Arafat Jaradat, que também se encontrava detido numa prisão sionista.

Na manhã do mesmo dia, manifestantes enfrentaram as tropas israelenses. Os protestos já vinham ocorrendo de forma intensa há semanas em apoio a greve de fome de Ayman Sharawneh, SamerIsaui, JaafarEzzeddine e Tariq Qaadan, presos políticos palestinos, contra suas prisões arbitrárias e o péssimo tratamento que lhes é dado nos cárceres.

Em 15 de fevereiro, dezenas de pessoas ficaram feridas após confrontos com as tropas israelenses durante as manifestações de solidariedade aos quatro palestinos em greve de fome. Próximo a cidade de Ramala, cerca de três mil pessoas marcharam até o presídio de Ofer, onde ocorreu o maior enfrentamento. Diversos outros protestos aconteceram em vários pontos da Cisjordânia.

No dia 19 de fevereiro, cerca de 800 presos políticos palestinos fizeram uma greve de fome de 24 horas em apoio aos quatro companheiros.

http://www.anovademocracia.com.br/105/23b.jpg
Criança sob a mira de rifle: postado na internet

Em 22 de fevereiro, quando três dos quatro presos políticos palestinos tiveram que ser hospitalizados com a saúde muito debilitada, cerca de cem manifestantes ficaram feridos em um protesto radicalizado que se desdobrou em enfrentamento com tropas do exército fascista de Israel. Em Jalameh, cerca de 2 mil pessoas foram às ruas. Os soldados israelenses lançaram gás lacrimogêneo e prenderam 17 palestinos. Em Nablus, também ocorreram confrontos.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza