África do Sul: brutal repressão policial em mina

A- A A+
Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia


No dia 18 de fevereiro, a Polícia da África do Sul abriu fogo contra operários em uma mina próxima à cidade sul-africana de Rustenburg, no nordeste do país, deixando treze trabalhadores gravemente feridos.

Fontes policiais acusam os operários de haverem se ferido por disputas internas de sindicatos pela base da categoria, mas os trabalhadores denunciam que seguranças privados abriram fogo e lançaram bombas contra os operários.

A mina em questão pertence à companhia Anglo American Platinum (Amplats), a maior produtora mundial de platina. No último ano, mais de 50 trabalhadores foram brutalmente assassinados pelas forças de repressão durante uma onda de greves e protestos ocorridos no chamado cinturão da platina sul-africana.

Em 15 de janeiro, a Amplats anunciou o futuro fechamento de minas no país e a demissão de cerca de 14 mil trabalhadores. Esse anúncio provocou grandes protestos que obrigaram a empresa a adiar seus planos.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja