Novas informações sobre velhos crimes do imperialismo

A- A A+
http://www.anovademocracia.com.br/105/20.jpg
Centenas de crianças foram assassinadas em 2011, no Afeganistão

A hipocrisia no mundo da "geopolítica", a política do imperialismo, de fato não conhece limites. A ONU, cúmplice dos mais brutais crimes cometidos pelo imperialismo mundo afora, sobretudo pelo imperialismo ianque, mantém órgãos de "defesa" dos "direitos humanos", dos direitos das mulheres, da infância, do trabalho etc.

Não obstante, por vezes saem desses órgãos, geralmente por meio dos seus relatórios, dados e informações que atestam a própria brutalidade, o próprio horror espalhado pelas nações do mundo justamente com, digamos, o "selo de qualidade da ONU". Agora mesmo o Comitê dos Direitos das Crianças das Nações Unidas divulgou dados que dão conta de centenas de crianças mortas pela Otan no Afeganistão. Só em 2011, segundo a ONU, foram 110 crianças mortas e 68 feridas em ataques dos invasores estrangeiros em território afegão.

Na sequência da divulgação desses dados, em meados de fevereiro, ocorreu mais um episódio sangrento no Afeganistão, de extrema brutalidade, protagonizado pelo que o monopólio internacional da imprensa gosta de chamar de "forças de ocupação". Pelo menos dez pessoas, crianças e trabalhadores afegãos, morreram destroçados em um bombardeio aéreo.

Desde mais este massacre o povo afegão intensificou os protestos nas ruas contra a invasão estrangeira e os crimes do imperialismo, a ponto de fazer o comandante das forças invasoras da Otan, o ianque Joseph Dunford, anunciar a suspensão do "apoio aéreo" a operações militares realizadas em áreas residenciais — um sinal de intimidação do agressor ante a força e a autoridade das massas afegãs.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza