O Papa não poupa ninguém

http://www.anovademocracia.com.br/107/11.jpg

A cobertura da Rede Globo, "direto do Vaticano", foi digna de uma Copa do Mundo. Fico imaginando como seria a cena de um Galvão Bueno, no lugar da "animada" Ilze Scamparini, narrando a eleição do novo Papa... "E vai sair a fumaça... é branca, é branca, acabou!, acabou!, acaboooooou!!!!". E como seria sua reação, após o habemus papam, ao saber que o novo Papa é argentino: "Bem amigos, é muito ruim perder para a Argentina". Em sua ignorância futebolística, mal saberia que numa disputa entre o brasileiro Odilo Scherer e o argentino Jorge Bergoglio, independente do resultado, quem sairia vencedor seria o setor mais reacionário da Igreja Católica. Se é que podemos assim denominar.

A semelhança entre a cobertura de uma eleição papal e um campeonato de futebol não é mera coincidência. Existem muitos interesses ideológicos nestes eventos. A repercussão, ad infinitum, da expectativa de um Papa brasileiro, procurava, dentre outros objetivos, esconder a grave crise que vive a Igreja Católica e o Estado do Vaticano, como parte da própria crise que assola o sistema capitalista no mundo inteiro. A renúncia de Joseph Ratzinger deixou isto patente. Para nós brasileiros, resta o alívio de não termos um Papa daqui, mesmo com sobrenome estrangeiro. Já nos basta o pastor fundamentalista Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos, ladeado pelo defensor de torturadores Jair Bolsonaro.

E por falar em tortura, ditadura e ultrareacionarismo, estes não parecem ser temas estranhos ao novo Papa Jorge Bergoglio. Evidente que a Rede Globo não falou disso. Mas por trás do jesuíta, que escolhe o nome de Francisco como "sinal de humildade", está o cardeal que apoiou o regime militar na Argentina e ajudou a encobrir os 30 mil assassinatos de revolucionários e democratas no país vizinho. Segundo o jornalista argentino Oscar Guisoni, em artigo escrito antes do anúncio do resultado do conclave, por pouco o novo Papa não foi julgado nos tribunais daquele país que puniram os crimes da regime militar.

Muitos católicos sinceros devem estar esperançosos com uma Igreja mais simples e próxima do povo. Devem estar se perguntado se o Papa Francisco retirará o catolicismo de sua crise, acentuada particularmente pela vinda à tona de numerosas denúncias de abuso sexual cometidos por padres em diferentes partes do mundo. Não se iludam uma vez mais. Um cardeal, que deu cobertura ao crime hediondo do roubo de crianças de presas políticas e sua entrega a famílias de militares durante a ditadura argentina, não fará muitos esforços para combater a pedofilia. Como seu antecessor, procurará apenas abrilhantar a imagem da sagrada família protegida da ameaça do "comunismo ateu".

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin