Imperialismo convoca brasileiro para chefiar intervenção no Congo

http://www.anovademocracia.com.br/112/21a.jpg
Congoleses revidam à invasão da ONU

Obama foi a alternativa encontrada para dar uma cara mais amena às guerras e ingerências do imperialismo ianque, e Luiz Inácio foi a alternativa encontrada para dar uma cara mais "popular" ao gerenciamento semicolonial do Brasil para os monopólios internacionais. Esta relativamente recente doutrina imperialista de escolher nomes e rostos alternativos para maquiar seus crimes e suas políticas de fome e de morte mundo afora agora parece ter chegado, porque foi necessário, ao comando militar das missões de agressão das potências capitalistas.

Ou talvez seja mesmo uma escolha técnica, ou meritória, tendo em vista os serviços recentes e muito bem prestados ao imperialismo pelo general Carlos Alberto dos Santos Cruz, oficial das Forças Armadas que acaba de desembarcar no Congo para comandar as ações da primeira brigada militar com características abertamente assumidas de "força de ataque" a atuar em uma "missão de paz" da ONU - características que renderam à força especial que será comandada pelo milico brasileiro o apelido de "Tropa de Elite" do Congo, em alusão ao famigerado Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio de Janeiro, vulgo Bope, famoso pela violência e pelo terror que seus membros espalham nos bairros proletários da capital fluminense.

Cabe agora ao general Carlos Alberto dos Santos Cruz a "honra" de dar as ordens, ou melhor, de repassar as ordens das potências a um contingente interventor de quase 20 mil "capacetes azuis", alocados no Congo desde o ano de 2010.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro