Sotaque mineiro da roça

A- A A+

Cantor e compositor, o mineiro Tadeu Franco é autor de muitas músicas brasileiras com jeitinho mineiro da roça. Com anos de estrada e vários CDs, Tadeu tem parcerias com Beto Guedes, Sá (da dupla Sá e Guarabira) e outros mineiros que considera fazer parte de "uma turma boa de Minas". Tadeu faz seus shows e prepara um novo CD com influências de antepassados ciganos, que passaram pelo Vale do Jequitinhonha. 

http://www.anovademocracia.com.br/112/16b.jpg

— Com cinco anos de idade já me apresentava cantando nas festas de aniversário dos meus amigos. E não tinha gente forçando a barra, era natural mesmo. Desde essa época, também sentava ao lado do meu pai para ouvir programas de rádio. Assim fui me convencendo que queria ser cantor, mas sem nunca me preocupar como conseguir isso, simplesmente fui indo — conta Tadeu.

— Meu pai não era músico, mas sabia tocar violão. Me ensinou alguns acordes, depois vim para Belo Horizonte tocar nas noites e tentar fazer outras coisas junto, porque fazer carreira aqui na época era muito difícil. As pessoas iam para o Rio de Janeiro ou São Paulo para conseguir, mas sempre tive vontade de ficar por aqui mesmo — continua.

Se apresentando em bares nas noites de Belo Horizonte, Tadeu conta que sempre procurou impor o seu repertório.

— Não era aquele músico que ficava tocando o que agradava a plateia, queria apresentar aquilo que eu gostava e achava que seria bom que também conhecessem. Muitas vezes se apresentar nas noites exige um pouco mais do artista, porque ele canta e muita gente não presta atenção, mas com o tempo vamos aprendendo a lidar com isso e impondo o nosso trabalho — expõe.

— Passei a participar de alguns shows que aconteciam durante greves, sem remuneração, somente como uma forma de exercer a cidadania, me engajar. Uma tentativa também de fazer com que a música não aparecesse somente como algo meramente comercial, feita para fazer sucesso, mas algo que tivesse uma utilidade maior para a comunidade — continua.

 Tadeu acredita que esse tipo de trabalho que não visa o sucesso imediato coloca o artista em um patamar diferente e sua música fica mais densa.

— Passamos a não depender de ser ou não reconhecidos na rua, agarrados por fãs ou vender discos. Abrimos um espaço bacana com a turma universitária que pede para fazermos shows nos seus auditórios, em algumas manifestações etc. Esse sempre foi o caminho que mais me atraiu — declara.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira