'Desconfiai do mais trivial'

A- A A+

Navegando pela internet ou assistindo à televisão nesses tempos de rebelião popular em que vivemos, vemos de tudo. Notícias aparentemente desconexas e, por vezes, contraditórias como o suposto crescimento econômico do país junto ao avassalador aumento da mortandade dos jovens por assassinatos1.
Um dos aspectos mais absurdos e nocivos do monopólio midiático é a banalização das notícias, ditas e repetidas sem qualquer relação de causa e efeito, como verdades prontas e acabadas. Não seria, no mínimo, estranho crer que em um país que se desenvolve, o seu recurso mais valioso, o ser humano, seja dilapidado de maneira tão vil?

Vivemos numa sociedade hipócrita com valores decadentes, onde as vidraças dos bancos e lojas de grifes valem mais do que a vida dos jovens nas periferias. Enquanto é grande o estardalhaço por conta de umas quantas vidraças quebradas, pouco ou quase nada se falou sobre o massacre promovido pela Polícia Militar do Estado do Rio (PMERJ) e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) na comunidade da Maré no Rio de Janeiro no mês passado.

O belíssimo poema de Bertolt Brecht nunca foi tão atual:

"Desconfiai do mais trivial,
na aparência singelo.
E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
Suplicamos expressamente:
não aceiteis o que é de hábito
como coisa natural,
pois em tempo de desordem sangrenta
de confusão organizada,
de arbitrariedade consciente
de humanidade desumanizada,
nada deve parecer natural.
Nada deve parecer impossível de mudar".

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja