Governo de Goiás proíbe greves de servidores públicos

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), aprovou um decreto que pune os servidores públicos que realizarem greve no estado.  A media foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 14 de agosto e está gerando muita revolta entre os servidores públicos goianos.

Entre as medidas do Decreto 7.964 estão: 1) os secretários e diretos de autarquias poderão convocar os servidores para assumirem "de maneira integral e sem demora o exercício de suas funções"; 2) instalação de processo administrativo disciplinar para apurar as faltas; 3) desconto dos dias não trabalhados em virtude de paralisação. Em relação a esta última medida, o decreto adiciona que somente em caso de negociação com a categoria para reposição e após a devida efetivação da medida é que poderá haver pagamento dos dias descontados na folha de pagamento.

Além disso, para os funcionários em cargos comissionados, que abarrotam a estrutura do governo estatal, em caso de greve ou paralisação, a demissão é imediata. Os funcionários que exerçam funções de confiança ou que recebam gratificações – que também pululam pela estrutura do governo – serão dispensados de suas funções.  A lista negra dos servidores em greve será enviada pelos secretários e diretores diretamente ao governador. {loadpositionpublic au}

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro