Recife segue lutando pelo passe livre

http://www.anovademocracia.com.br/120/10b.jpg
Jovens de Recife se colocam às ruas: 'Rebelar-se é justo!'

No dia 23 de outubro, a juventude combatente recifense novamente foi às ruas com a intenção de ser ouvida, vista e atendida, levando um documento em mãos para que ocorra uma audiência pública e que seja aprovado o projeto do passe-livre para estudantes e desempregados na região metropolitana.

A concentração foi próxima da câmara dos vereadores às 8h30min, reunindo pouco mais de duzentos estudantes (entre eles secundaristas e universitários). Alguns manifestantes ficaram surpreendidos pela polícia estar um pouco longe e haver poucos policiais.

Por volta das dez horas da manhã a manifestação seguiu pela contra-mão da Rua do Príncipe, dificultando a mobilização dos carros da polícia. Próximo a uma obra, a segurança popular conhecida como Black Bloc resolve arrancar alguns compensados, para prevenir-se da repressão raivosa do governador Eduardo Campos (PSB). Vários ônibus foram pichados com a inscrição 'Passe Livre'.

O clima fica tenso próximo à sede do VEM (Vale Eletrônico Metropolitano), porque a quantidade de policiais já não era a mesma. Ainda na mesma avenida, em frente ao Shopping Boa Vista, chegaram quatro ônibus e dois camburões da Polícia Militar, um deles da Tropa de Choque. Os confrontos começaram quando a PM tomou um dos escudos improvisados. Os manifestantes fecharam uma importante via, dando um nó no trânsito do centro de Recife. A PM novamente agrediu os jovens para liberar a rua.

A massa popular continua cortando ruas. A polícia reprime quem fotografa ou filma.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro