Bahia: PT ordena despejo

A- A A+
Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Em 6 de novembro, 200 famílias do acampamento Pedro Pires Nogueira foram atacadas por tropas da Polícia Militar, Polícia do Cerrado e Polícia Federal a mando do governador Jaques Wagner (PT), numa covarde e injusta ação de despejo que expulsou as famílias trabalhadoras que há 4 anos vivem e produzem nessas terras.

As famílias tinham mais de 300 barracos com telhas, alguns com pia instalada e água na torneira, placa de energia solar. Havia plantações cuidadas com água do poço artesiano e pequenas criações.  Tudo construído com suor e trabalho dos próprios camponeses sem esperar nada de ninguém.  Tudo foi destruído covardemente!

O latifundiário Ademar de Barros esteve presente durante toda a operação, provocando as famílias com seus capangas e exigindo que tudo fosse destruído. Durante a noite mais de15 pistoleiros armados permaneceram na fazenda queimando barracos restantes e ameaçando os camponeses.
Na manhã de 7 de novembro, capangas a mando do latifundiário destruíram o restante das roças.

A terra é dos camponeses

Os camponeses da área Pedro Pires Nogueira possuem um contrato de comodato firmado com Wanda Flores, que é quem possui documentos da terra. Wanda se mostrou disposta a negociar as terras com o Incra e aguarda desde 2009 pela vistoria.
Apesar de todas as provas incontestes de que os camponeses têm o direito de permanecer na terra, a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) emitiu laudo dando parecer favorável ao latifundiário Ademar de Barros sem que esta questão histórica e legal fosse resolvida.

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait