Bahia: PT ordena despejo

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Em 6 de novembro, 200 famílias do acampamento Pedro Pires Nogueira foram atacadas por tropas da Polícia Militar, Polícia do Cerrado e Polícia Federal a mando do governador Jaques Wagner (PT), numa covarde e injusta ação de despejo que expulsou as famílias trabalhadoras que há 4 anos vivem e produzem nessas terras.

As famílias tinham mais de 300 barracos com telhas, alguns com pia instalada e água na torneira, placa de energia solar. Havia plantações cuidadas com água do poço artesiano e pequenas criações.  Tudo construído com suor e trabalho dos próprios camponeses sem esperar nada de ninguém.  Tudo foi destruído covardemente!

O latifundiário Ademar de Barros esteve presente durante toda a operação, provocando as famílias com seus capangas e exigindo que tudo fosse destruído. Durante a noite mais de15 pistoleiros armados permaneceram na fazenda queimando barracos restantes e ameaçando os camponeses.
Na manhã de 7 de novembro, capangas a mando do latifundiário destruíram o restante das roças.

A terra é dos camponeses

Os camponeses da área Pedro Pires Nogueira possuem um contrato de comodato firmado com Wanda Flores, que é quem possui documentos da terra. Wanda se mostrou disposta a negociar as terras com o Incra e aguarda desde 2009 pela vistoria.
Apesar de todas as provas incontestes de que os camponeses têm o direito de permanecer na terra, a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) emitiu laudo dando parecer favorável ao latifundiário Ademar de Barros sem que esta questão histórica e legal fosse resolvida.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin