Uma vida melhor se conquista com luta popular

http://www.anovademocracia.com.br/125/08.jpg

O fascismo do pão e circo tem sido promovido pelo gerenciamento do PT/pecedobê no afã de cumprir a missão de gerenciar o velho Estado no interesse dos monopólios, em doses homeopáticas, como na retirada um a um dos direitos conquistados pelo povo, ou em doses cavalares, como no leilão do Campo de Libra.

Agora mesmo, no início do ano de farsa eleitoral, o gerenciamento do PT se esmera na contrapropaganda enganosa da imensa melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores brasileiros nos últimos anos, ora apregoando números sobre a migração, no campo da ficção, de milhões de cidadãos para a “classe média”, ora enumerando meia dúzia de “bens de consumo” que só agora, dizem, depois de já cumpridos quase três “mandatos” do PT, o povo pode comprar.

Não satisfeita em tentar fazer crer que a posse de um telefone celular que tira fotografias e tem tela sensível ao toque representa mais dignidade, uma melhor condição de vida, tudo em meio à degradação geral do cotidiano das massas trabalhadoras, agora, na virada do ano, o gerenciamento petista anunciou, com direito a grande estardalhaço em inserções de contrapropaganda oficiosa no monopólio das comunicações, a inclusão de tablets na lista dos itens que podem ser comprados com o crédito subsidiado de um outro – mais um – programa assistencialista, batizado de “Minha Casa Melhor”, direcionado aos “beneficiados” pelo programa pai, o “Minha Casa, Minha Vida”.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin