O 5º Congresso da IAPL

A- A A+
http://www.anovademocracia.com.br/126/19c.jpg
Primeiro dia de debate na Faculdade Nacional de Direito, RJ.

Durante o fechamento da presente edição do AND, foi realizado, na cidade do Rio de Janeiro, entre os dias 11 e 16 de fevereiro, o 5º Congresso da Associação Internacional dos Advogados do Povo (IAPL, na sigla em inglês).

Advogados de oito países: Austrália, Bolívia, Brasil, Chile, Holanda, Inglaterra, México e Turquia, e de diversas regiões do Brasil, estudantes de direito e ativistas de organizações de defesa dos direitos do povo, reuniram-se durante quatro dias para debater problemas de grande importância concernentes a defesa da luta dos povos de todos os países contra o imperialismo, o capitalismo burocrático, a semifeudalidade e o semicolonialismo.

Delegações estrangeiras e do Brasil apresentaram relatórios e informes da atuação dos advogados na defesa de lutadores populares no campo e cidade, e da última missão internacional de investigação e solidariedade promovida pela IAPL em Rondônia em 2008. Também foram debatidas questões de organização.

Nos dias 12, 13 e 14, conferências abertas ao público que contaram com a presença de ativistas de movimentos populares, estudantes e professores do Rio e outras regiões trataram dos seguintes temas: ‘Perseguições, torturas, assassinatos e prisões - criminalização da luta pela terra’; ‘Grandes obras - remoções e violações de direitos’ e ‘Campanha Internacional pela Libertação dos Presos Políticos’. Nessas conferências, dirigentes e ativistas das Ligas de Camponeses Pobres, representantes da Liga Operária, professores e advogados participaram das mesas apresentaram contundentes denúncias de violações de direitos e ataques sofridos por camponeses, operários, indígenas, ativistas populares, militantes revolucionários e até mesmo advogados do povo.

Os participantes acompanharam com atenção e manifestaram-se a respeito dos últimos acontecimentos no RJ, entre eles, a morte do cinegrafista Santiago Andrade e a campanha odiosa do monopólio da imprensa contra os protestos populares que convulsionam o Brasil desde junho/julho do ano passado. Em sua fala na primeira atividade pública do congresso, o vice-presidente da IAPL, Julio Moreira, expressou seu repúdio à campanha de criminalização dos protestos populares e se solidarizou com os manifestantes.

No dia 16 reuniu-se a Assembleia Geral da Associação Brasileira dos Advogados do Povo (Abrapo), seção brasileira da IAPL, que dividiu com o Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos, a organização desse importante congresso.

Na próxima edição de A Nova Democracia publicaremos um relato detalhado dos debates e resoluções do exitoso Congresso e o balanço de seus organizadores.

 

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja