Renato Nathan: 2 anos do assassinato do líder camponês

A- A A+

http://www.anovademocracia.com.br/128/08c.jpgNo dia 9 de abril completam-se dois anos do assassinato do líder camponês Renato Nathan por policiais, em Jacinópolis, na região de Buritis, Rondônia.

A Associação Brasileira dos Advogados do Povo (Abrapo) e outras organizações populares de defesa dos direitos do povo continuam empenhadas para que os mandantes e executores do assassinato de Renato sejam punidos.

No dia 9 será realizada uma sessão da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, em Porto Velho, que debaterá o inquérito sobre o assassinato de Renato Nathan com a presença da Abrapo, do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (Cebraspo), Comissão de Direitos Humanos da OAB/RO, Comitê de Combate à Tortura do Estado de RO, Comissão Pastoral da Terra, Rede Nacional de Advogados Populares (Renap), entre outras organizações populares.

Segundo Felipe Nicolau, membro da Abrapo, existem inúmeras ilegalidades nesse inquérito: “Não há investigação, irregularidades no laudo da perícia, o inquérito não apura nem investiga o crime de assassinato, de execução do líder camponês”.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja