Norte de Minas: Ataque contra camponeses

http://www.anovademocracia.com.br/129/02b.jpg
Casas de camponeses destruídas pelo filho de latifundiário e pistoleiros

Na manhã de 1º de abril, dezenas de policiais militares de Januária, Montes Claros e Manga realizaram uma ação arbitrária de reintegração de posse contra 106 famílias da Comunidade Baixa Funda, na antiga fazenda Marilândia, situada no município de Manga, Norte de Minas Gerais.

Após a ação policial de reintegração de posse, Aulus, filho do latifundiário que reclama a fazenda, foi até a área acompanhado de um pistoleiro armado e ameaçou os camponeses, incendiando criminosamente vários barracos e casas com todos os pertences das famílias.

Segundo nota publicada na página resistenciacamponesa.com em 11 de abril, “durante toda a ação do despejo, na presença dos policiais, o filho do latifundiário Thales Dias Chaves ameaçou derrubar com uma máquina os barracos e as casas de alvenaria, também ameaçou passar por cima das roças, plantadas com tanto sacrifício pelos trabalhadores em meio à crise e seca prolongada. Isso prova que são os latifundiários que mandam na polícia. Mas não conseguem usar como capachos todas as pessoas: o operador da máquina se recusou a prestar este papel, negando-se a passar por cima das casas e roças de seus conterrâneos, gente honesta e de bem conhecida em toda a cidade”.

http://www.anovademocracia.com.br/129/02a.jpg

Essa foi a nona tentativa do latifúndio de expulsá-los em 17 anos de suas terras.

Esse novo ataque do latifúndio, ameaças e incêndio de moradias e pertences de camponeses ocorre, mais uma vez, nas barbas do judiciário, que nada faz. Pelo contrário, segundo denunciam os camponeses, a Vara Agrária segue emitindo ordens de despejo em favor de latifundiários para expulsar famílias que vivem e trabalham há vários anos em suas terras.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin