Xokleng têm território estendido


Curitiba –
No mês de julho, os índios Xokleng de Terra Ibirama, no município de José Boiteux, região central de Santa Catarina, haviam protestado mais uma vez contra a indiferença dos governantes em relação ao seu estado permanente de miséria (veja AND nº 12). Naquele momento, pediram a remarcação de seu território, com a adição de 23 mil hectares aos 14 mil atuais. Seria uma forma de indenizá-los, ainda que houvesse um enorme decurso de prazo que possibilitou enormes prejuízos causados pela construção da Barragem Norte, iniciada em 1972 dentro das terras Xokleng e causadora de fome e isolamento nas aldeias. Na época, os mil hectares mais férteis dali foram alagados devido às obras.

Os protestos findaram com a promessa do Ministério da Justiça de estudar o caso o mais rapidamente possível. Os índios queriam uma posição até 31 de julho, o MJ pedia 120 dias. Em 13 de agosto, com uma rapidez até surpreendente, foi concedida a adição territorial, com a promessa de instalação pelo Incra das 409 famílias não índias que ocupam as terras reivindicadas, estendidas para os municípios de Doutor Pedrinho, Itaiópolis e Vitor Meireles. O perímetro da reserva será de 110 quilômetros.

Segundo o site do Conselho Indigenista Missionário (www.cimi.org.br), “as reações contrárias a este ato administrativo são intensas no estado de Santa Catarina, principalmente vindas de setores políticos e do governo do estado, anunciando que exigirá a revogação da portaria e revisão dos limites da terra indígena.” Há ainda a expectativa pela demarcação de mais três reservas na região Sul: em Toldo Imbu (SC), Palmas (PR) — dos Kaingang — e Cantagalo (RS) — dos Guarani.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin