Obras da Copa já mataram 14 operários

A- A A+
Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

A Arena Pantanal, em Cuiabá - MT, foi palco de mais um assassinato de operário. Na manhã de 8 maio, o operário Mohamed Ali Maciel Afonso, 32 anos, sofreu uma violenta descarga elétrica enquanto trabalhava. Esta é 14ª morte de operário nos canteiros de obra dos estádios ou centro de treinamentos que vem a conhecimento público.

Os operários denunciam a grande pressão feita pelos governos e empreiteiras para acelerar o término da obra. No dia 20 de maio será o "evento teste" para a Copa. A construção da Arena já vem sendo arrastada há 4 anos, desde o dia 26 de abril de 2010, e tem um gasto de mais de 570 milhões de reais, orçamento este que já recebeu diversos aditivos.

Mohamed Afonso, como tantos outros operários país afora, era terceirizado e trabalhava na empresa Etel, que integra o Consórcio CLE, responsável pela instalação dos equipamentos de Tecnologia, Informação e Comunicação da Arena Pantanal e contratada pela Construtora Mendes Junior. Como aconteceu nas mortes anteriores, não havia os equipamentos coletivos de segurança no local. Também devido à correria imposta pelas empresas não são ministrados os treinamentos de segurança necessários e nem equipamentos de segurança individuais e coletivos.

No dia 9, o Ministério do Trabalho determinou a paralisação dos trabalhos de instalação de parte das linhas elétricas na Arena Pantanal "até que a empresa prestadora de serviço Etel comprove que tomou medidas preventivas para garantir a segurança dos trabalhadores". Mais uma vez é tarde demais. Mais um operário teve a vida ceifada pela ganância patronal, pela farra da grande burguesia, das gerências de turno desse velho Estado genocida, e em nome de um "evento" que só tem trazido repressão, remoção e perda de direitos para o povo pobre.

Mohamed deixou dois filhos.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja